Actualização: Legado

Há uma nova actualização no meu legado. Participei em mais uma antologia (já vos tinha falado dela à mais tempo mas só à pouco tempo recebi um exemplar.) O exemplar foi oferecido por um amigo, o senhor Rogério, a quem agradeço muito. E cá está o poema feito por mim, participante na antologia:
Vivo num mundo ao contrário.
Muito diferente do teu mundo ordinário!
Vivo no sítio onde o chão é o céu,
E nos casamentos, o noivo vai de véu!
Vivo onde as cores da pele são seis:
Roxo, azul, verde, amarelo, laranja e vermelho.
Não existem presidentes, nem reis,
E ninguém rouba o que é alheio. 
Plantamos árvores, invés de as cortar.
Salvamos o mundo, invés de o matar.
A gravidade só existe nos corações,
E o dinheiro nada vale perante as emoções. 
O meu mundo é quase prefeito,
Só tem um pequeno defeito.
Que é não ser de verdade!
Mas pode vir a ser, quem sabe?

Sem comentários:

Enviar um comentário